Jesus e o Evangelho - Gospel


 
InícioInício  FAQFAQ  BuscarBuscar  ChatChat  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  
Este fórum não possui qualquer vínculo com nenhuma igreja, denominação ou crença. Simplesmente estamos divulgando e coletando informações sobre o evangelhismo.
Tais assuntos podem variar de história, contendo imagens, doutrinas, estudos, leis, notícias, pesquisas, temas bíblicos entre outros. Porém não nos aproximamos a qualquer religião, respeitamos todas, e
qualquer indivíduo que não obter este respeito, pedimos que o denunciem, para assim tomarmos medidas sobre o caso.

Esperamos que tenham uma boa estada em nosso fórum,
A Administração

Novo Tópico   Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.Compartilhe | 
 

 Encontro de oração maciça Deserto reúne cristãos do Egito

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Servao ccb
Moderador


Nacionalidade: Brasil
Advertências:
0 / 50 / 5

Mensagens: 16494
Data de inscrição: 26/06/2011

MensagemAssunto: Encontro de oração maciça Deserto reúne cristãos do Egito   Sab Out 27, 2012 6:03 pm


Reuters / Amr Dalsh

Um enorme quatro dias de evento nacional de oração é a partir de hoje, 26 de outubro, no deserto ao norte do Cairo, e deve atrair 50 mil pessoas de todo o Egito e chegar a mais de cerca de 5 a 6 milhões de espectadores, com cobertura televisiva.

"O que está acontecendo no Egito neste mês é verdadeiramente impressionante. No meio do aumento da perseguição, tumulto e incerteza, os cristãos estão chegando para os outros e orando fervorosamente" em um momento como este. " Por favor, orem por nossos irmãos e irmãs em Cristo durante este evento fim de semana ", disse Jerry Dykstra , Diretor de Relações com Mídia de Portas Abertas EUA.

Um contato cristã no Egito, que não foi identificado, mas falou com Portas Abertas, um cão de guarda perseguição sem fins lucrativos, explicou que o tema principal do evento será a de mostrar ao povo egípcio como Cristo pode mudar vidas.

"Não há dúvida de que Deus está se movendo no Egito e mostrando-se de forma poderosa para muitos de seus filhos, e para muitos que estão buscando conhecê-Lo", disse o contato. "A fome de saber sobre Jesus e para conhecer mais sobre a fé cristã é fenomenal."

Ele acrescentou: "Estes são, de fato, tempos difíceis em que vivemos hoje. Com todos os desafios políticos, sociais, econômicos e religiosos que enfrentamos aqui nos últimos meses, todos os egípcios são deixados com muitas incertezas e preocupações sobre o presente eo futuro.

"Mas nós, cristãos do Egito estão percebendo mais e mais a cada dia que Deus está visitando nosso país com uma poderosa presença divina, e que as coisas que Ele vai fazer em nosso país são além da imaginação. Isto é o que nós orar e este é o que estamos esperando com fé para ver acontecer. "

A liberdade religiosa no Egito nos últimos tempos tem sido um tema de debate, com o presidente recém-eleito e Fraternidade membro muçulmano Mohamed Morsi e seu partido influenciando fortemente o poder judiciário do país, através da implementação de aspectos da lei islâmica Sharia. Os cristãos coptas, uma minoria distinta no Egito, disseram que eles vivem com medo da perseguição e da incerteza sobre o futuro. Eventos como este encontro de oração, no entanto, procuram dar esperança e encorajamento cristãos em tempos de angústia.

Contato cristã Open Door admitiu que houve aqueles que não querem ver o evento de oração cristã acontecer, mas as pessoas estavam indo para ir até o fim, independentemente de qualquer oposição.

"Claro, o festival evangelístico é, certamente, um evento que o inimigo não quer ver acontecer. Ele vai tentar fazer de tudo para pará-lo, ou pelo menos distorcem a atenção das pessoas para longe de ouvir a Boa Nova, ", disse.

"Pedimos a nossos irmãos e irmãs em todo o mundo para se juntarem a nós em oração, e para assistir com a gente como nós vemos milhares, e talvez milhões de egípcios, vindo a Jesus."

Portas Abertas observou que no início deste mês, um festival da juventude cristã reuniu 10.000 na zona norte do Cairo mesmo - mostrando que um grande encontro cristão pode de fato ser realizada perto da capital do Egito, sem que resultasse em problemas e tumulto.
Por Stoyan Zaimov

trad.http://gospel.ativo-forum.com/

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Servao ccb
Moderador


Nacionalidade: Brasil
Advertências:
0 / 50 / 5

Mensagens: 16494
Data de inscrição: 26/06/2011

MensagemAssunto: Os cristãos coptas votando para Nova Papa pela primeira vez em 40 anos   Ter Out 30, 2012 2:35 pm



Foto: YouTube via The Christian Post)
Papa Shenouda, chefe da Igreja Copta, morreu no Egito, no sábado.

Mais de 2.400 clérigos e líderes comunitários se reuniram no Cairo, Egito, na segunda-feira pela primeira vez em quase 40 anos para eleger um novo Papa cristã copta.

Papa Shenouda III, que morreu aos 88 anos de idade no início do ano, tinha sido uma parte importante da vida dos cristãos 8 milhões-mais que vivem no Egito, e que têm enfrentado muitas dificuldades e violência da maioria da população muçulmana no número de anos passados.

Com a ascensão da Irmandade Muçulmana no governo, coptas dizem que um novo papa é necessário para trazer alguma estabilidade e senso de autoridade para os cristãos preocupados com o futuro.

"O novo papa será um pregador da paz", disse o bispo Basanti, membro do Santo Sínodo da Igreja Copta do. Suas prioridades "será para exigir os direitos dos coptas, os direitos de todos os que foram mortos" na violência, bem como a liberdade de culto, Fox News compartilhada.

A votação final sobre um novo papa não terá lugar até uma cerimônia no domingo, mas a votação de segunda-feira também é importante porque vai diminuir o campo a apenas três candidatos. Atualmente, três monges e dois bispos ainda estão no páreo.

Ahram online publicou um breve perfil de cada um dos cinco candidatos, estabelecendo suas origens religiosas e qualificações para o trabalho. Uma atualização confirmou que mais de 90 por cento dos 2.406 eleitores projetadas já seus votos, e os três finalistas são susceptíveis de ser Dom Rafael, o padre Rafael Ava Mina e Pai Pachomios El-síria.

Bispo Pachomios, o papa temporária até que um novo seja escolhido, disse: "A elevada afluência às urnas mostra que os coptas amam a sua igreja".

Quem quer que seja eleito como o Papa copta 118 do Egito neste domingo terá uma importante tarefa de assegurar cristãos que eles serão protegidos pela igreja melhor que ela pode oferecer. O presidente egípcio, Mohamed Morsi, foi acusado de tentar implementar a lei sharia no país, elevando temores entre coptas que seus direitos religiosos poderiam ser comprometidas, e que pode mais uma vez ser alvo de radicais islâmicos.

Alguns têm dito que, para todos os seus defeitos, o ex-presidente Hosni Mubarak não pretendia infringir as liberdades religiosas das minorias, e enquanto Morsi prometeu que ele vai tentar chegar aos cristãos, líderes da igreja como Basanti disseram que ele não tem ainda mostra sinais de fazer o bem a promessa.
Por Stoyan Zaimov

trad.http://gospel.ativo-forum.com/

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Servao ccb
Moderador


Nacionalidade: Brasil
Advertências:
0 / 50 / 5

Mensagens: 16494
Data de inscrição: 26/06/2011

MensagemAssunto: Mais de 1,4 mil crianças adoram a Deus no deserto   Ter Jul 30, 2013 12:52 pm

Festival reúne crianças para oração e adoração no Egito

Mais de 1.400 crianças se reuniram no deserto egípcio para orar a Deus e pedir uma mudança em sua nação.

O evento foi anunciado por alguns como um sinal de esperança para o futuro do Egito.

O festival das crianças, realizado em julho deste ano, foi transmitido ao vivo pelo ministério cristão e seus vários canais de línga árabe.

O evento teve a participação de crianças de oito anos, que lideraram o tempo de exaltação e oração à Deus.

"Nossa visão é que esta geração ore e adore à Deus, para serem cheios do Espírito Santo, e serem capaz de mudar o mundo", expressam os representantes da Igreja Evangélica Kasr El Doubara (KDEC), organizadora do festival, segundo a Inspire Magazine, do Reino Unido.
Fonte: Mundo Cristiano/CPAD
http://gospel.ativo-forum.com/

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Servao ccb
Moderador


Nacionalidade: Brasil
Advertências:
0 / 50 / 5

Mensagens: 16494
Data de inscrição: 26/06/2011

MensagemAssunto: 26 mil cristãos devem se reunir no Egito para Evento Evangélico Em meio a risco de perseguição violenta    Seg Nov 18, 2013 7:58 am

Um evento evangelístico, "Conte it Right", começou ontem à noite no Egito, onde são esperados milhares de cristãos para participar ao longo de três dias, apesar da possibilidade muito real de enfrentar a perseguição.

O evento está sendo realizado 70 milhas ao norte de Cairo, e apesar de 26 mil pessoas são esperadas para aparecer, os organizadores do evento temer os extremistas islâmicos que podem ter também compraram bilhetes para a conferência a realizar atos de violência.

"Porque os organizadores não sei quantos muçulmanos pode ter comprado ingressos para o rali, por favor, ore por eles que suas vidas podem ser alteradas a conhecer Jesus como seu Salvador pelo amor Eles vão se sentir da equipe e pela mudança de vida-mensagens ", escreveu Portas Abertas, um ministério com sede na Califórnia que auxilia cristãos em países mais opressivas e restritivas do mundo 's, em seu website .

Durante o evento, mais de 1.000 trabalhadores, pregadores, artistas e voluntários cristãos estarão à disposição para dar aos participantes a oportunidade de experimentar os cultos da manhã e da noite. Os participantes também serão capazes de participar de um show de extremo motocicleta esportes, uma galeria de arte e performances de teatro que foram planejadas para compartilhar o Evangelho em formas criativas.

Portas Abertas, que não está patrocinando o evento e cujo trabalho é muitas vezes secretamente no Egito, devido a preocupações de segurança Facilitado, Egito classificou My # 25 em sua lista de World Watch que os nomes dos 50 principais clubes do país com a pior problema da perseguição cristã.

Pela Constituição do Egito, os cristãos são livres para praticar sua fé, mas se tornou perseguição generalizada como Have Been extremistas muçulmanos que procuram negar direitos Aqueles que desde a revolução de 2011 derrubou o presidente Hosni Mubarak. Após agitação revolucionária do país, milhares de cristãos fugiu para o Egito por causa do aumento da violência contra os que continuam até hoje. Mais recentemente, as tensões entre cristãos e muçulmanos Irmandade viraram adeptos violentos, como resultado do presidente Mohamed Morsi sendo deposto em julho.


Morsi era um membro da Irmandade Muçulmana e depois foi derrubado, a comunidade cristã copta do Egito foi acusado por extremistas, que recorreram a táticas violentas continuaram contra eles, em um esforço para ganhar de volta o poder.

Perseguição dos cristãos também é causada pela incapacidade ou falta de vontade das forças de segurança para fornecer proteção para as igrejas, de acordo com Todd Daniels, gerente regional para o Oriente Médio para a organização Internacional Christian Concern.

"Isso tem deixado muitos cristãos vulneráveis ​​a ataques, e devido à Impunidade Além disso ele tem encorajado Aqueles que estão abusando cristãos", Daniels disse ao The Christian Post. "Isso levou a um aumento de seqüestro extorsivo TODA Alto Egito, os ataques a igrejas, o dinheiro extorsão sendo exigido dos cristãos por gangues criminosas, entre outras violações. Na grande maioria dos casos, a comunidade cristã tem feito pedidos de ajuda e fazendo muito ido sem resposta. "

No entanto, de acordo com a Portas Abertas, a igreja evangélica continua a crescer em meio ao aumento da opressão. Atualmente, conta cristãos para 10 a 12 milhões da população egípcia, e enquanto um número exato é desconhecido devido à Aqueles que vivem em áreas rurais, que não estão incluídos na contagem de dados do censo por falta de identificação adequada, a comunidade cristã minoria no Egito é o maior do Oriente Médio.

"O Espírito Santo está trabalhando poderosamente no Egito", disse Jerry Dykstra, o gerente de relações com a mídia para abrir portas. "Há renascimento e muitos vindo para Cristo. Sim, há muitos perigos para cristãos, especialmente os extremistas da Irmandade Muçulmana. Mas há décadas que informações que temos visto em tempos de grande perseguição, o evangelho é pregado e as pessoas se voltam para o Senhor. "


veja aqui:http://gospel.ativo-forum.com/t3285-portas-abertas-divulga-classificacao-de-paises-por-perseguicao-2011-2013?highlight=persegui%C3%A7ao

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Servao ccb
Moderador


Nacionalidade: Brasil
Advertências:
0 / 50 / 5

Mensagens: 16494
Data de inscrição: 26/06/2011

MensagemAssunto: Festival rende frutos no Egito   Sex Dez 06, 2013 8:46 am

Entre os dias 14 a 16 de novembro, ocorreu o festival “Conte direito”, a 110 km ao norte do Cairo, no meio do deserto de Wadi el Natroun – o maior evento evangelístico ocorrido no Egito durante o ano de 2013

Youth_Conference.jpg
O festival foi organizado pela maior igreja evangélica no Egito (também considerada a maior igreja de fala árabe no mundo). Milhares de egípcios, a maioria de origem cristã, encontraram-se para louvar o Senhor Jesus e render suas vidas a ele. Leia o relato de um cristão local:

“Em pleno deserto e no meio da turbulência provocada pelos últimos conflitos no país, o Senhor fez milagres de conversão e transformou a vida de muitas pessoas que viviam em desespero, dando-lhes uma nova esperança. Durante os três dias de festival, aconteceram onze atividades ministeriais e apresentações.

Equipes de 21 ministérios, de diferentes igrejas, conduziram onze tipos de cultos diferentes. A programação dos cultos continha louvor, atividades para crianças, peças teatrais, cinema, arte, esporte, missões, oração, ministério de libertação, serviço de reabilitação de drogas e palestras de apologética.

Além disso, houve equipes de administração cuidando dos ingressos, transporte, arrumação, hospitalidade, segurança e serviços médicos.

Quinhentos e noventa e três ônibus e micro-ônibus, e quase 1.500 carros particulares transportaram os participantes, nas cidades ao redor de Wadi el Natroun, duas vezes por dia, dirigindo-se para as instalações do evento pela manhã e voltando à noite. Nem um só acidente de trânsito foi relatado, algo que a equipe de organização considera uma proteção graciosa de Deus!

A média geral do número de visitantes que participaram do festival foi de 31 mil pessoas de diferentes denominações, cidades, grupos etários e étnicos. Um total de 15 mil pessoas expressaram seu desejo de entregar suas vidas a Jesus e oraram publicamente, confessando-o como Senhor e Salvador.

Um pastor da equipe de liderança da igreja disse: ‘Foi incrível parar e ver o que Deus estava fazendo! Após cada apresentação ou atividade, estendíamos o chamado para aqueles que queriam entregar suas vidas a Cristo. Que alegria ver tantas conversões!’.

O festival foi transmitido ao vivo pela internet e as principais sessões de pregação e adoração também foram transmitidas para alguns canais-satélite cristãos. Centenas de milhares de espectadores acompanharam o evento dessa maneira.”

Um colaborador da Portas Abertas no Egito escreveu: “Louvado seja o Senhor, que inspirou seus filhos no Egito a terem grandes sonhos e trabalharem para que se tornassem reais. Louvado seja o seu nome, que muda vidas e traz luz em meio às trevas dessa Terra tão conturbada.”
FontePortas Abertas Internacional
TraduçãoGetúlio A. Cidade

_________________

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
 

Encontro de oração maciça Deserto reúne cristãos do Egito

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você pode responder aos tópicos neste fórum
Jesus e o Evangelho - Gospel ::  :: -
Novo Tópico   Este Tópico está bloqueado. Você não pode editar as mensagens ou responder.